BLOG

  • Loui Correia

Vitrine e Portfólio: dois pilares de sucesso na venda online.

Às vésperas de Black Friday quem tem uma vitrine perfeita está em vantagem.


Pode não parecer, mas o processo online de decisão de compra substitui tudo que seria feito no contato físico dentro da loja: desde as perguntas sobre o item procurado, até a experiência de sentir, experimentar, levar alguém para validar a decisão e ter a certeza que o produto ou serviço encontrado era exatamente o que precisava. Ainda mais em épocas que movimentam o mercado e não faltam incentivos e gatilhos para atrair consumidores, como é o caso da Black Friday e das Festas de Final de Ano. Afinal, temos uma mobilização do mercado para aproveitar esses momentos, e tenho certeza que você não quer ficar de fora, não é mesmo?


Por isso, indico à todas as marcas que estão conosco: invistam tempo, carinho e criatividade na construção da sua vitrine, do seu portfólio e usem todos gatilhos visuais e recursos disponíveis dentro da sua loja digital para se destacar.


É super normal que você tenha conhecimento do seu produto e alguns detalhes importantes sejam omitidos no momento da criação da sua loja digital. Afinal, esse conhecimento seria facilmente compartilhado no atendimento tradicional, físico na sua loja. Mas e quando esse processo de venda não é feito pelo especialista no assunto, quando você busca escalar e precisa diversificar os canais de venda?


Sou defensora da famosa frase “O óbvio tem que ser dito”. Essa dica parece simples mas ajuda a multiplicar Lovers da sua marca, além de ampliar a possibilidade de conversão de vendas dos anúncios criados. Dessa forma, mesmo que o produto faça parte dos queridinhos ou mais vendidos, sempre vale falar bem dele. E quem teria mais propriedade para falar sobre ele ou criar a curiosidade no cliente final que o dono?


No People Commerce não é diferente. O Lover e o Cliente são conquistados pelo visual, pelo detalhe, pelo nível de informação fornecida tentando não deixar dúvidas de que aquele produto ou serviço era exatamente o procurado, só que digitalmente.


Para te dar uma ajuda prática, preparei esse artigo com algumas dicas que são fundamentais para que esse processo seja prazeroso tanto pra quem constrói, quanto para quem busca produtos perfeitos.






Começando por Como criar sua Loja Digital:


Código Único: identifica seu produto no People Commerce, seu sistema logístico e nota fiscal.

  • Geralmente ele é a combinação de algumas variáveis.

Exemplos:

Produto Mãe: 12345

Produto Cor Amarela: 12345 AM

Produto Cor Amarela- tamanho 36: 12345 AM36

Produto Cor Amarela- tamanho 38: 12345 AM38


Título: no catálogo, é o primeiro campo que o Lover olha após a foto.

  • Use características resumidas e nomes que condizem com o produto;

  • Quanto mais claro e direto, melhor;

  • Este campo é um facilitador nas buscas executadas pelo cliente.

Sugiro que o título seja composto de informações primárias, sendo:

PRODUTO + REFERÊNCIA + OBSERVAÇÃO


Exemplos: POLO MASCULINA AZUL MARINHO

CALÇA JOGGER PRETA TAMANHO ÚNICO

Fotos: identificação visual dos produtos que reforçam o produto anunciado, contribuindo para a decisão de compra.

  • Recomendo fortemente que sejam fotos neutras, sem marca d’água e tendo o produto/serviço como foco central.


Descrição: Informações complementares, mas não obrigatórias. Aqui é o campo ideal para dar argumentos de venda para o Lover, recomendação de uso para o cliente final ou algumas sugestões que sejam pertinentes ao seu negócio.


Ficha Técnica: vale correlacionar linhas específicas dentro do seu portfólio, material do produto e toda informação que julgar necessária para deixar o produto mais vendável

Exemplos: Material: Algodão ; Quantidade: 06 unidades; Volume : 750 ml

Estoque: Quantidade disponível do produto.

  • Lembrando sempre de estar compatível com seu estoque e atualizada com os demais canais de venda que utiliza.


Preço: valor final de venda cadastrado para o produto, ou seja, o valor que será pago pelo cliente final.

  • Se o produto estiver promocionado, vale destacar o valor inicial (“De”) e preencher o valor final (“Por”).


Produtos com Variações: variações são diferenciadores das opções do seu produto, sejam elas por: Cor, Tamanho, Volume de Envase, entre outros.


Atribuir Categorias: Todos os produtos precisam ter, pelo menos, uma categoria associada, pois é por ela que seus anúncios serão publicados no aplicativo e localizados tanto no APP na navegação do Lover quanto na lojinha pelo cliente final.


Foto de Compartilhamento: recomendada para envio direto pelo app, tangibilizando a recomendação do Lover ao cliente final ou facilitando a postagem do produto, da nova campanha nas redes sociais.

  • Essa é uma ferramenta fundamental de comunicação com seu cliente, então a dica é escolher a foto que mais representa seu produto.


A próxima dica é terminar o visual da sua vitrine. Você sabe o que chama atenção do seu consumidor? Se inspire para escolher os produtos certos como destaque da sua loja e adequar os banners para direcioná-los para as novidades. Assim você aumenta a visibilidade dos produtos e seu potencial de vendas.





Espero ter te ajudado a dar mais foco nos anúncios e promover uma identificação com todos os envolvidos no seu canal.


Ainda ficou com dúvida, me procura e vamos falar melhor de como fazer isso na sua rotina!


Até a próxima,

Loui Correia :)