BLOG

  • Bia Rosolino

Como construir redes sociais que engajam

Falei que eu voltaria e aqui estou eu! Na semana passada falamos sobre os principais erros que você não vai mais cometer ao trabalhar as suas redes sociais e hoje trouxe 3 passos com várias dicas pra você começar a construir a melhor rede social que você pode ter!


1º passo : Planejamento


Para começar o seu planejamento a primeira coisa a se fazer é escolher qual canal você vai dar mais foco no começo. Se sua marca tem um apelo mais visual o ideal seria começar pelo Instagram, para trabalhar bem as imagens. Para você escolher o canal é importante levar em consideração o seu objetivo e as pessoas que deseja alcançar. Seus principais clientes consomem mais conteúdo de qual tipo? Vídeo, foto, texto, qual rede social eles usam?


Depois de definir o canal, é necessário saber que você precisa produzir conteúdo de qualidade. Nada de ficar enrolando, postar qualquer coisa só por obrigação ou frases motivacionais sem contexto. Não precisa ser perfeito, só precisa entregar valor com consistência e frequência através de uma estratégia que irá atrair audiência e fará com que ela volte diariamente para te acompanhar.


Um bom planejamento de conteúdo é chamado de Linha Editorial. E antes de construir a sua linha editorial o ideal é definir sua “Buyer Persona”, que é aquele cliente ideal. Ou seja, é necessário estudar bem quem é o seu cliente, qual a rotina dessa pessoa, qual mídia social ela usa mais, quais são as preferências, desejos e dores dela. É necessário conversar com essa persona da mesma forma que conversaria com um amigo ou cliente que entraria na sua loja fisicamente.


Existe um ditado popular que diz “Nas mídias sociais, quem fala com todo mundo, não fala com ninguém”. Então, é muito melhor se conectar muito com poucas pessoas, do que gerar impacto nenhum com várias. Qualidade importa muito mais do que quantidade. Quanto mais você definir quem é essa persona ideal, mais direcionado serão seus conteúdos e que você já tem para chegar cada vez mais próximo desse “Buyer Persona”. Aqui no nosso blog tem um questionário que poderá te ajudar a construir a sua persona, é só baixar aqui.


Depois de ter a “Buyer Persona” bem definida é hora de definir sobre quais assuntos postar e aqui entra o que chamamos de “Mapa de tópicos”. Eles servem para agrupar, categorizar e organizar informações. Para trabalhar com esse mapa, selecione ao menos 5 tópicos que sua empresa abordará em seus canais. É importante falar sobre:

1) Qual tipo de conteúdo a sua Brand Persona gosta e sabe falar.

2) Qual tipo de conteúdo a sua Buyer Persona vai gostar de consumir.

3) Qual tipo de conteúdo seu concorrente posta

4) O que você precisa vender e divulgar


Outra dica é seguir a regra 80 x 20, ou seja, a cada 10 conteúdos postados, 8 devem ser conteúdos de valor e apenas 2 mais comerciais e promocionais. Seja criativo e faça conteúdos que você mesmo gostaria de ler!


Última etapa da linha editorial é o calendário editorial. Local onde você vai agrupar suas ideias, conteúdos e manter a estratégia organizada. Nele você vai ter definidas as datas de publicação, prazos de produção, pautas e temas de conteúdos e data de lançamento. Você pode fazer isso no calendário do google, em uma planilha do excel ou até mesmo em uma folha de papel. Defina quantas vezes você vai postar por semana, quais serão os horários que você vai publicar. É muito importante seguir a risca o calendário pra manter a constância e conseguir bons resultados.



2º passo : Construção


É muito importante escolher um dia pra se dedicar a produzir todos os conteúdos da semana e já agendar todas as datas dos posts para que você possa esvaziar a cabeça e pensar em outras coisas do seu negócio depois.


Utilizar todas as ferramentas que aquela rede social oferece para engajar sua audiência é muito bom também! Por exemplo, se você vai trabalhar o Instagram é importante usar todas as funcionalidades dos stories, enquetes, filtros, gifs, reels, igtv, tudo que você puder!


Ainda falando de Instagram, a sua bio precisa ser curta , direta e com um link de chamada para seu site ou alguma página que você realize as suas vendas ou faça atendimento. Usar depoimentos dos clientes nos destaques também é uma ótima dica. Aliás, deixar os destaques dos seus stories bem organizados, separados e categorizados por temas é ótimo pra pessoa poder encontrar o que ela deseja ver ali também!


Já para o Youtube, sua descrição deve ser otimizada com as palavras chaves relevantes para seu negócio e SEO é muito importante para esse canal, a imagem miniatura do seu vídeo precisa ser chamativa, o título e essa imagem que chamarão seu público para o vídeo. No Youtube os vídeos podem ser mais longos e explicativos do que no Instagram.


E no Linkedin, que é um canal mais corporativo, mantenha assuntos relacionados a essa rede e utilize uma comunicação mais direcionada.


Lembrem que a frequência das postagens é o que vai fazer com que o algoritmo entregue seus conteúdos para mais pessoas. E isso é como uma bola de neve, no início pode parecer muito lento e desanimador, mas não desista!


Outra coisa muito importante é a interação nas redes sociais. Essa é uma das partes mais importantes, porque de nada adianta ter 50 mil seguidores se só 40 visualizam seus stories. Para isso indicamos incluir nos seus conteúdos o CTA, que é o “Call To Action”, ou “Chamada Para a Ação”. Então sugira que elas compartilhem, comentem, salvem, marcarem amigos, indicarem amigos. Se seu conteúdo for bom, as pessoas vão fazer isso com certeza. Bons conteúdos são aqueles voltados para as maiores dores das personas, tudo voltado para educar essa pessoa e resolver seus problemas.


3º passo : Análise


Analisar as métricas das mídias sociais é analisar padrões que estão sendo oferecidos de forma nativa pelas próprias plataformas, o que permite que você otimize seu planejamento e construção.


O principal problema aqui é que a maioria das pessoas estão mais focada em números vaidosos que enchem o ego mas não geram resultado. Números de seguidores não geram engajamento, seguidores comprados podem não ter NADA a ver com a sua marca, não vão interagir e muito menos comprar nada. Além disso você para de gerar alcance, porque o % de seguidores que interagem é baixo e seus conteúdos vão chegar cada vez menos as pessoas.


Precisamos ter cuidado com qual métricas vamos usar. Nossa recomendação é analisar quais postagens tem maior alcance, como está seu engajamento, comentários, salvamentos, compartilhamentos. Qual conteúdo performa melhor, quantas pessoas estão visitando seu site, pedindo orçamento e fechando vendas a partir disso.


Essas métricas vão te dar insights sobre qual melhor dia da semana pra postar um lançamento, por exemplo. Vão te dizer qual tipo de conteúdo gera mais interação, então é pra ele que você deve da mais atenção e produzir mais. Você precisa analisar padrões e não só focar em um post ou outro. Você precisa de consistência e uma boa amostra.

Bom, é isso! Espero ter ajudado e se tiverem qualquer dúvida, é só me procurar!

Um beijo e até a próxima! 😊